Estresse e Ansiedade: Como Gerenciar?

Estresse e Ansiedade São Considerados o Mal desse século?

Hoje muito se fala sobre estresse e ansiedade e as complicações que promovem a vida cotidiana do indivíduo. Sentimento de paralisação e incapacidade de realização de tarefas simples são comuns em indivíduos que apresentam esse transtorno. E nesse artigo vamos discutir exatamente sobre essa paralização, como lidar com o estresse e ansiedade e como podemos gerencia -los? É importante contextualizar que saímos de uma era de plena revolução industrial, onde a geração dos nossos pais, nossos avós e até a nossa aprendemos que a alta produção e a consolidação de uma posição empresarial é o grande caminho para felicidade. Logo, as pessoas passam a vida inteira dentro de uma organização, com o grande objetivo de produzir mais, mais, mais e mais…. O conhecido ciclo da alta produtividade. No entanto, é o responsável por desgastar, frustrar e gerar picos de estresse e ansiedade.

Logo, saímos dessa era de alta produção e entramos na quarta revolução industrial, a grande era da internet, tecnologia e transformação digital, onde tudo acontece ao mesmo tempo. Diante desse novo formato de sociedade, somos bombardeados com informações, facilidades, necessidade de consumo em curto período. Mas, essas facilidades não são de todo benéficas, o alto consumo gera desconforto, inquietude, isolamento de maneira tal a mudar seu pensamento. Sim, você começa acreditar que fazer realizar pausas (fora da redes) é sinônimo de improdutividade, a sensação de estar perdendo algo é constante, te acompanha o tempo todo e torna – se frustrante!

Esteja Atento aos Sinais Diários!

Sendo assim, para entender por que o estresse e a Ansiedade são considerados a doença do século, é preciso evidenciar/destacar que nós não temos controle sobre os fatores externos da nossa vida e rotina. Apesar das mídias e redes sociais a todo momento mostrar como devemos ser, consumir e agir. Esses gatilhos em formato de  publicações em sua maioria exigem que você seja altamente produtivo, eficaz, incrível, inteligente e que se mantenha atualizado de todas as notícias. No entanto, essa pressão social vai te sufocamento, afetando diretamente o seu psicológico e emocional.

Está percebendo alguma semelhança com a sua realidade?

Caos entendido, o questionamento que nos persegue é: “Como posso lidar com tudo isso?” , “Como manter a calma e positvidade em tempos desafiadores?”, “Como não cair nas garras desse ciclo vicioso de autocobrança, autocrítica e autossabotagem?”

Aprendendo a Gerenciar o Estresse e Ansiedade

Eu sinto em te decepcionar, mas, não existe uma solução milagrosa que eu possa te apresentar. Existem estudos, muita pesquisa e experiências das quais nos dão suporte para auxiliar você que me lê, na sua tentativa e erro. Pois, nesse contexto é necessário identificar o que você está buscando, como você deseja lidar com o seu estresse e ansiedade? Sua busca é motivada por um prazer imediato ou vem na intenção de preencher quem você é? O que você consome hoje, tanto de alimentos, como de conteúdo e estudo, te anestesia ou te preenche? Sem essa expansão de consciência, dificilmente você vai conseguir adquirir ou fortalecer ferramentas para lidar com o estresse e a ansiedade. E aproveitando esse contexto, é importante que você saiba e tenha a plena consciência de que suas ferramentas são eficazes para você. Mas, não necessariamente serão resolutivas para seus amigos, familiares etc.

Lembre -se que processos são individuais, respeite a forma que cada um escolhe para lidar com suas dificuldades.

Pausa Para Refletir, Reconectar e Se Reencontrar!

Vamos exercitar nosso cérebro em busca de montar estratégias para que você consiga gerenciar seus sentimentos. O objetivo é identificar em você (no seu íntimo) o que de fato te preenche. Por exemplo: Praticar esportes, estar com amigos, tomar um vinho, ler um livro, dançar, tocar um instrumento e assim por diante. Deixo algumas pergunta para te ajudar nesse momento de reflexão: O que você pode fazer para que ao invés de desejar que o mundo te satisfaça, você doe para o mundo o seu melhor? De qual maneira você se dispõe a ajudar um vizinho, um colega de trabalho ou um amigo querido?

Portanto, toda vez que você gasta energia para ajudar o mundo ao seu redor, você ganha no mínimo em dobro. A bondade não só faz com que você desperte em si o que tem de melhor, como te dá um senso de pertencimento por se sentir útil no ambiente onde você reside. Lembre-se: Não dá para lidar com o estresse e a ansiedade de forma diferente, se estiver buscando soluções em lugares comuns. A resposta sempre está com você e em você! Pare de investir energias em coisas que NÃO te preenchem!  Sendo assim, faça alguma coisa, uma pequena coisa, Simples, mas na qual você SENTE prazer, e permita que esse sentimento te preencha por inteiro e reafirme no seu íntimo do que você é capaz e quem realmente você é!

Vamos juntos?

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Por que Estresse e Ansiedade São as Doenças do Século